-R$1,10

Teclado Membrana Matricial 4×3 12 Teclas Arduino Pic AVR

SKU: A327

R$8,00 R$6,90

100 em estoque

Descrição

O Teclado Membrana Matricial 4×3 12 Teclas Arduino Pic AVR foi desenvolvido para aplicação em conjunto com os sistemas microcontroladores Arduino, AVR, PIC, ARM, complementando as funções das placas microcontroladoras.

 

Teclado Membrana Matricial 4×3 12 Teclas Arduino Pic AVR | A327

Ideal para conjuntos eletrônicos que necessitam codificações ou para colocação de senhas nos sistemas. O Teclado Membrana Matricial 4×3 12 Teclas pode ser aplicado diretamente sobre qualquer superfície que permita fixação, uma vez na parte traseira conta com membrana autoadesiva, facilitando a instalação.
Além do mais, o Teclado Matricial Arduino 12 dígitos é produzido em material de excelente qualidade e ótimos arremates, possuindo as extremidades arredondadas, contando com um conector de 8 pinos para conexão com a placa microcontroladora.
O Teclado Matricial Arduino 12 dígitos conta ainda com números de 0 a 9 e letras de “A” a “D”, além de possuir as teclas asterisco(*) e cerquilha(#).

Características:

  • Tamanho Pad: 69.2 x 76.9 x 0.8 mm
  • Comprimento Do cabo: 3-1/3 “ou 86 mm (incluindo conector)
  • Conector: 7 Dupont pinos, 0.1 “(2.54 mm) Pitch
  • Montagem Estilo: Auto-Adesão
  • Max. Classificação do Circuito: 35VDC, 100mA
  • Isolamento Spec. : 100 m Ohm, 100 v
  • Rigidez Dielétrica: 250 VRms (60 hz, 1 min)
  • Contato Bounce: <= 5 ms
  • Expectativa De vida: 1 milhões de encerramento
  • Temperatura de operação:-20 a + 40 °C

Acompanha:

1 x Teclado Membrana Matricial 4×3 12 Teclas

O que é Arduino?

Arduino, é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com suporte de entrada/saída embutido, uma linguagem de programação padrão, a qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++. O objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por artistas e amadores. Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

Pode ser usado para o desenvolvimento de objetos interativos independentes, ou ainda para ser conectado a um computador hospedeiro. Uma típica placa Arduino é composta por um controlador, algumas linhas de E/S digital e analógica, além de uma interface serial ou USB, para interligar-se ao hospedeiro, que é usado para programá-la e interagi-la em tempo real. Ela em si não possui qualquer recurso de rede, porém é comum combinar um ou mais Arduinos deste modo, usando extensões apropriadas chamadas de shields. A interface do hospedeiro é simples, podendo ser escrita em várias linguagens. A mais popular é a Processing, mas outras que podem comunicar-se com a conexão serial são: Max/MSP, Pure Data, SuperCollider, ActionScript e Java. Em 2010 foi realizado um documentário sobre a plataforma chamado Arduino: The Documentary.