Placa Expansão V5.0 Shield Sensor Uno V5 Arduino Servo LCD

> SKU: A329

R$18,00

100 em estoque

Descrição

A Placa Expansão V5.0 Shield Sensor Uno V5 é uma maneira fácil de construir projetos com Arduino conectando diversos componentes como Servos, Motores e Sensores. Simule circuitos rapidamente, sem a necessidade do uso de Protoboards ou solda.

 

Placa Expansão V5.0 Shield Sensor Uno V5 Arduino Servo LCD | A329

Conecte seus sensores diretamente ao seu Arduino.

O Sensor Shield V5.0 é compatível com todos os modelos Duemilanove, Uno e Leonardo.

A versão V5.0 suporta Interface I2c, Servo Motor, Módulos Bluetooth, Cartão SD, Módulos APC220, LCD Serial, Paralello e dentre outros.

Características:

  • Placa Expansão V5.0 Shield Sensor
  • Plug & play
  • Portas Analógicas e Digitais: Replica todas as portas do Arduino em paralelo com VCC e GND,
  • Facilitando a conexão com todos os tipos de sensores através de um cabo de 3 vias
  • Todas as portas estão replicadas em conectores machos e fêmeas de 2,54 mm de espaçamento
  • Porta de Comunicação: selecionável entre I2C e UART
  • Interface de comunicação do módulo Bluetooth
  • Interface de comunicação do módulo de cartão SD
  • Interface de comunicação de módulos de RF sem fio APC220
  • Interface de sensores ultrassônicos RB URF V1.1
  • Interface serial e paralela do LCD 12864
  • Comanda 32 interfaces servos
  • Dimensões: 5,7 cm x 5,7 cm x 1,9 cm
  • Comanda 32 interfaces servos
  • Peso: 26 g
  • Cor: Azul
  • Interface I2C

Acompanha:

1 x Placa Expansão V5.0 Shield Sensor Uno V5

O que é Arduino?

Arduino, é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com suporte de entrada/saída embutido, uma linguagem de programação padrão, a qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++. O objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por artistas e amadores. Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

Pode ser usado para o desenvolvimento de objetos interativos independentes, ou ainda para ser conectado a um computador hospedeiro. Uma típica placa Arduino é composta por um controlador, algumas linhas de E/S digital e analógica, além de uma interface serial ou USB, para interligar-se ao hospedeiro, que é usado para programá-la e interagi-la em tempo real. Ela em si não possui qualquer recurso de rede, porém é comum combinar um ou mais Arduinos deste modo, usando extensões apropriadas chamadas de shields. A interface do hospedeiro é simples, podendo ser escrita em várias linguagens. A mais popular é a Processing, mas outras que podem comunicar-se com a conexão serial são: Max/MSP, Pure Data, SuperCollider, ActionScript e Java. Em 2010 foi realizado um documentário sobre a plataforma chamado Arduino: The Documentary.