,

Sensor de Corrente Não Invasivo 30A SCT-013 para Arduino

SKU: A176
Disponibilidade:

Em estoque

R$43,00

Em estoque

3X DE R$14,33 S/ JUROS

FRETE E PRAZO DE ENTREGA

Sensor De Corrente Não Invasivo 30A não invasivo SCT-013-030 é um componente eletrônico desenvolvido para aplicação em diversos circuitos elétricos.

Sensor de Corrente Não Invasivo 30A SCT-013 | A176

 

Sensor de Corrente Não Invasivo 30A, Por meio do Arduino, AVR, PIC, Raspberry PI, ou outras plataformas de prototipagem é uma opção de qualidade e eficiência quando se fala em medir correntes de até 30A sem ser invasivo.

Utilizado comumente por hobistas e projetistas para o desenvolvimento de projetos, o Sensor de Corrente da YHDC é capazes de realizar o monitoramento de corrente, proteção de motores AC, iluminação e diversos outros sistemas elétricos.

Através do Sensor de Corrente SCT013 30A torne possível a criação de sistemas de medição e monitoramento para correntes elétricas ou até mesmo a montagem de circuitos de proteção contra sobrecarga e eventuais problemas que possam vir a ocorrer com sua rede.

Para conexão e usabilidade do Sensor de Corrente SCT013, o mesmo possui dois fios que saem do sensor e estão ligados diretamente à um plug P2 que pode ser facilmente retirado e utilizado de forma direta em seu projeto

 

Links de exemplo:

  • http://openenergymonitor.org/emon/buildingblocks/how-to-build-an-arduino-energy-monitor-measuring-current-only
  • http://openenergymonitor.org/emon/buildingblocks/ct-sensors-interface
  • http://www.homautomation.org/2013/09/17/current-monitoring-with-non-invasive-sensor-and-arduino/

 

Características

  • Modelo: SCT-013-30A
  • Corrente de Entrada: 0-30A
  • Tipo de Saída: 1v
  • Não linear: ±3%
  • Relação de rotação: 30A:0.05A
  • Grau de Resistência: Grade B
  • Temperatura de Funcionamento: -25°C ~ 70°C

 

Acompanha

1 x Sensor de Corrente AC 30A não invasivo SCT-013-030

O que é Arduino?

Arduino, é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com suporte de entrada/saída embutido, uma linguagem de programação padrão, a qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++.

O objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por artistas e amadores.

Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

Pode ser usado para o desenvolvimento de objetos interativos independentes, ou ainda para ser conectado a um computador hospedeiro.

Uma típica placa Arduino é composta por um controlador, algumas linhas de E/S digital e analógica, além de uma interface serial ou USB, para interligar-se ao hospedeiro, que é usado para programá-la e interagi-la em tempo real.

Ela em si não possui qualquer recurso de rede, porém é comum combinar um ou mais Arduinos deste modo, usando extensões apropriadas chamadas de shields.

A interface do hospedeiro é simples, podendo ser escrita em várias linguagens.

A mais popular é a Processing, mas outras que podem comunicar-se com a conexão serial são: Max/MSP, Pure Data, SuperCollider, ActionScript e Java.

Em 2010 foi realizado um documentário sobre a plataforma chamado Arduino: The Documentary.

REF: A176 Categorias: ,
Peso 0.1 kg
Dimensões 15 × 11 × 7 cm