Sensor Presença e Movimento SR501 HC-SR501 para Projetos Arduino

SKU: A041
Disponibilidade:

Em estoque

R$16,50

Em estoque

3X DE R$5,50 S/ JUROS

FRETE E PRAZO DE ENTREGA

Sensor Presença SR501 (Passive Infra-Red – PIR) é usado para detectar movimentos de emissões infravermelhas na área de cobertura.

 

Sensor Presença SR501

 

Isso os torna uma escolha popular nos sistemas para detectar intrusos ou pessoas em um ambiente. É possível ajustar a duração do tempo de espera para estabilização do PIR através do potenciômetro amarelo em baixo do sensor bem como sua sensibilidade.

O PIR é um excelente sensor para uso em automação residencial.

O sensor PIR é um módulo automático de controle que utiliza um sensor piroelétrico capaz de detectar movimentos baseados na variação da luz infravermelha emitida pela radiação do corpo humano.

Quando em uso, o sensor PIR é capaz de detectar movimento em uma área de até 7 metros trabalhando com um ângulo de até 100°, é claro que como age por sistema infravermelho capta somente movimento de objetos que exalam calor como, por exemplo, o corpo humano.

É muito importante referir também que o Sensor PIR ou Sensor de Movimento para Arduino detecta somente movimento e não presença, deste modo, se algo permanecer parado frente a ele, o sensor PIR não irá detectar.

No momento em que o sensor detectar algum movimento em sua área de alcance, o mesmo emite uma um sinal de 3.3V através de seu pino OUT.

 

Características

  • Tensão de operação: 5 a 20 VDC
  • Corrente em repouso: < 70uA
  • Sinal de saída: TTL 3,3V
  • Área de cobertura: Cone de +/- 120º de até 7 metros
  • Sensibilidade: Ajustável
  • Delay de acionamento: 5-200 Seg. Ajustável
  • Temperatura: -20 ~ +80°C
  • Dimensões: 32 x 24 x 18mm
  • Peso: 9g

 

Acompanha

  • 1 x Sensor Presença Sr501

 

 O que é Arduino?

Arduino, é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com suporte de entrada/saída embutido, uma linguagem de programação padrão, a qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++. O objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por artistas e amadores. Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

Pode ser usado para o desenvolvimento de objetos interativos independentes, ou ainda para ser conectado a um computador hospedeiro. Uma típica placa Arduino é composta por um controlador, algumas linhas de E/S digital e analógica, além de uma interface serial ou USB, para interligar-se ao hospedeiro, que é usado para programá-la e interagi-la em tempo real. Ela em si não possui qualquer recurso de rede, porém é comum combinar um ou mais Arduinos deste modo, usando extensões apropriadas chamadas de shields. A interface do hospedeiro é simples, podendo ser escrita em várias linguagens. A mais popular é a Processing, mas outras que podem comunicar-se com a conexão serial são: Max/MSP, Pure Data, SuperCollider, ActionScript e Java. Em 2010 foi realizado um documentário sobre a plataforma chamado Arduino: The Documentary.

REF: A041 Categoria:
Peso 0.05 kg
Dimensões 16 × 11 × 7 cm