Conector P4 DC Fêmea para Placas de Circuito

R$1,50

31 em estoque

Descrição

O Conector P4 é uma peça vendida separadamente utilizada por quem estragou o seu conector ou o pino de encaixe do conector da fonte de alimentação de seu equipamento e necessita de um novo para a manutenção.

 

Conector P4 para Placas de Circuito

 

Com o crescente aumento na utilização de fontes de alimentação, conectores para bateria e diversos outros equipamentos que necessitam de conexões P4 seja para manutenção ou adaptação, criou-se o conector Jack P4, responsável pelo envio de sinal elétrico.

Através de seu corpo produzido em plástico resistente e terminais de fácil acesso e fixação, o conector Jack P4 proporciona além de segurança e isolação, extrema praticidade de conexão, sendo facilmente soldável sem o risco de curto ou eventuais problemas.
Produzido em material resistente e terminais niquelados, o Jack P4 é de grande utilidade em projetos robóticos, automação e diversos outros equipamentos que necessitam de uma alimentação externa de qualidade e eficiência.
Visando aumentar o tempo de vida de seus equipamentos, o Jack P4 foi desenvolvido visando proporcional uma troca rápida e de qualidade com orifícios específicos em seus pinos para a conexão de cabos antes da soldagem.

 

Características

  • Jack P4;
  • Utilizado para manutenção e construção equipamentos;
  • Utilizado em Placas de Circuito Impresso (PCI);
  • De fácil manuseio e instalação;
  • Terminais niquelados para soldagem;
  • Maior segurança e isolação para suas instalações;
  • Proporciona a conexão de cabos de modelo P4;
  • Aumenta o tempo de uso de seus equipamentos;
  • Produzido em materiais de qualidade.
  • Conectividade: P4 (2,1×5,5mm);
  • Dimensões totais (CxD): 14×14,5mm;
  • Peso: 1,2g.

 

Acompanha

  • 1 x Conector p4

 

 O que é Arduino?

Arduino, é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com suporte de entrada/saída embutido, uma linguagem de programação padrão, a qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++, o objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por artistas e amadores. Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

Pode ser usado para o desenvolvimento de objetos interativos independentes, ou ainda para ser conectado a um computador hospedeiro. Uma típica placa Arduino é composta por um controlador, algumas linhas de E/S digital e analógica, além de uma interface serial ou USB, para interligar-se ao hospedeiro, que é usado para programá-la e interagi-la em tempo real. Ela em si não possui qualquer recurso de rede, porém é comum combinar um ou mais Arduinos deste modo, usando extensões apropriadas chamadas de shields. A interface do hospedeiro é simples, podendo ser escrita em várias linguagens. A mais popular é a Processing, mas outras que podem comunicar-se com a conexão serial são: Max/MSP, Pure Data, SuperCollider, ActionScript e Java. Em 2010 foi realizado um documentário sobre a plataforma chamado Arduino: The Documentary.