Controlador de Carga Painel Solar PWM 30A 12V/24V

SKU: A224

R$87,00

100 em estoque

Descrição

Controlador de Carga 30A pode ser reconhecido automaticamente durante o dia ou noite podendo também ser utilizado em todos os outros painéis.

Controlador de Carga 30A Painel Solar PWM 30A 12V/24V

Com proteção contra descarga excessiva, proteção para curto-circuito e aberto, sendo assim a prova de falha para erros de fiação acidentais.
Design avançado com tecnologia “plug and play”. Sem a necessidade de ajustes complicados.
Indicação completa de status por LEDs: estado de carga (SOC) “Red-flat da bateria”.

•Âmbar –> carga baixa:
•Verde –> carga boa :
•Verde piscando –> Carga cheia.

Características:

  • Corrente de carga: 30A
  • Tensão de trabalho: 12V/24V Automático
  • Corrente sem carga: <= 6mA
  • Queda de tensão do circuito em carregamento: <= 0,26V
  • Queda de tensão no circuito em carga:
  • Proteção para sobretensão: 17V; × 2/24V
  • Temperatura de trabalho: -35ºC a +55ºC;
  • Aumento da tensão de carga: 14.6V; × 2/24V; (manter 10min)
  • Tensão de carga direto: 14,4; × 2/24V; (manter 10min)
  • Tensão de flutuação: 13.6V; × 2/24V;
  • Tensão da carga de retorno: 13.2V; × 2/24V;
  • Menor tensão indicam: 12.0V; × 2/24V;
  • Sobre a tensão de descarga: 11.1V (sem carga) – • Tensão em tempo real modificada pela taxa de descarga; × 2/24V;
  • Sobretensão de descarga de retorno: 12,6 V; × 2/24V
  • Modo de controle: modo de carga PWM; modificada tensão de descarga pela taxa de descarga;
  • Cor: Preto
  • Dimensões: 135mm x 70mm x 35mm
  • Peso líquido: 115g
  • Peso total com a embalagem: 140g

Acompanha:

  • 01 x Controlador de Carga 30A Solar 2024  12V/24V
  • 01 x Manual de instruções

 O que é Arduino?

Arduino, é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com suporte de entrada/saída embutido, uma linguagem de programação padrão, a qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++. O objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por artistas e amadores. Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

Pode ser usado para o desenvolvimento de objetos interativos independentes, ou ainda para ser conectado a um computador hospedeiro. Uma típica placa Arduino é composta por um controlador, algumas linhas de E/S digital e analógica, além de uma interface serial ou USB, para interligar-se ao hospedeiro, que é usado para programá-la e interagi-la em tempo real. Ela em si não possui qualquer recurso de rede, porém é comum combinar um ou mais Arduinos deste modo, usando extensões apropriadas chamadas de shields. A interface do hospedeiro é simples, podendo ser escrita em várias linguagens. A mais popular é a Processing, mas outras que podem comunicar-se com a conexão serial são: Max/MSP, Pure Data, SuperCollider, ActionScript e Java. Em 2010 foi realizado um documentário sobre a plataforma chamado Arduino: The Documentary.