-R$0,76

Modulo Esp07 Esp8266 Wifi Wireless Oferta Esp 07 Esp8266mod

> SKU: A023
Calcular Frete
Forma de Envio Custo Estimado

R$23,66 R$22,90

95 em estoque

Em até 6x de R$3,82 sem juros

Descrição

Modulo Esp07 se comunica com seu Roteador Wifi ou diretamente ao WiFi do seu celular. Fácil ligar, bastando ligar o pino de alimentação e o pino CH_PD a uma fonte de alimentação de 3.3V, os pinos TX e RX no seu microcontrolador depreferência ou ao Arduino.

 

Modulo Esp07 Esp8266 Wifi Wireless Oferta Esp 07 Esp8266mod

 

  • Comunicação serial TX/RX com comandos AT NÃO NECESSITANDO BIBLIOTECAS ESPECIFICAS PARA SEU CONTROLE.
  • Modos AP e Station (Access Point ou Estação)
  • Possui protocolos da camada de rede internos (Stacks), não sendo necessário bibliotecas adicionais.
  • Firmware totalmente atualizável.
  • O ESP8266 ESP-07 é um pequeno chip projetado para atender as necessidades de conectividade sem fio (padrão 802.11 B/G/N) possibilitanto o uso independentemente ou em conjunto com um microcontrolador externo (Arduino, PIC, ARM, etc).
  • Implemente conectividade WiFi (802.11) a seus projetos de uma forma simples, rápida e com um custo relativamente baixo.
  • Rápida integração com microcontroladores (Arduino / PIC / etc)
  • Comunicação através de UART, comandos AT
  • Permite ser utilizado no modo “stand alone”, dispensando o uso de microcontrolador.
  • Suporta modos “Statation” (se conecta a uma rede wifi) e “Access Point” (cria uma rede wifi nova)
  • Possui Comunidade ativa (vários projetos open source)

 

Características

  • Modulo Esp07
  • Padrão 802.11 b/g/n
  • Wi-Fi Direct (P2P), soft-AP
  • Stack TCP/IP integrada
  • CPU 32 bits de baixo consumo integrada (há possibilidade de executar os programas diretamente no módulo, dispensando microcontrolador externo)
  • SDIO 1.1/2.0, SPI, UART
  • Modos: Estação / Access Point
  • Segurança: WPA, WPA2
  • ADC 10 bits

 

Acompanha

  •  1 x Módulo ESP07 ESP8266 Wifi Wireless

 

O que é Arduino?

Arduino, é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com suporte de entrada/saída embutido, uma linguagem de programação padrão, a qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++. O objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por artistas e amadores. Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

Pode ser usado para o desenvolvimento de objetos interativos independentes, ou ainda para ser conectado a um computador hospedeiro. Uma típica placa Arduino é composta por um controlador, algumas linhas de E/S digital e analógica, além de uma interface serial ou USB, para interligar-se ao hospedeiro, que é usado para programá-la e interagi-la em tempo real. Ela em si não possui qualquer recurso de rede, porém é comum combinar um ou mais Arduinos deste modo, usando extensões apropriadas chamadas de shields. A interface do hospedeiro é simples, podendo ser escrita em várias linguagens. A mais popular é a Processing, mas outras que podem comunicar-se com a conexão serial são: Max/MSP, Pure Data, SuperCollider, ActionScript e Java. Em 2010 foi realizado um documentário sobre a plataforma chamado Arduino: The Documentary.